TITLE

DESCRIPTION

O que é o Jubileu

 

Hoje, 8 de dezembro, às 9h30, Papa Francisco abriu a Porta Santa da Basílica de São Pedro. O gesto é a inauguração do Jubileu da misericórdia, apesar de ter sido antecipada na República Centro-Africana no dia 29 de novembro, quando o Papa Francisco abriu a porta da catedral de Bangui, esta foi a primeira vez na história que o Jubileu foi inaugurado fora de Roma .

Piazza San Pietro

Piazza San Pietro

O que é o Jubileu

O Jubileu nasceu a partir de uma tradição hebraica, que fixava a cada cinquenta anos um ano de repouso da Terra, a restituição das terras confiscadas e a libertação dos escravos: “Declarareis santo o quinquagésimo ano e proclamareis a libertação de todos os moradores da terra. Será para vós um jubileu” (Levítico 25:10). Para dar início a festa do Jubileu era tocado, o som de um chifre de carneiro (em hebraico jobel), de onde deriva o termo Jubileu.

Cerimonia de abertura da Porta Santa

Cerimônia de abertura da Porta Santa

O primeiro Jubileu católico foi promulgada em 1300 pelo Papa Bonifácio VIII, que observou o fluxo sempre crescente à São Pedro, com um grande número de peregrinos em busca de uma indulgência plenária pela passagem do novo século. Assim o Papa finalmente concedeu indulgência à todos aqueles que tinham visitado trinta vezes, se eram romanos, e quinze vezes, se chegavam de fora de Roma, a Basílica de São Pedro e de São Paulo Fora dos Muros, durante o ano 1300.
O ano santo deveria ser repetido a cada 100 anos. Logo em seguida passou a ser a cada 50 anos, depois a cada 33 e no fim a cada 25 anos para permitir que cada geração pudesse viver a experiência de passar pelo menos por um Jubileu.
O jubileu acontece ordinariamente conforme o prazo estipulado de 25 anos; ou extraordinário se for proclamado por algum evento excepcional.

Papa Francisco - Jubileu

Abertura da Porta Santa

A indulgência plenária

A indulgência plenária (o perdão de todos os pecados) é uma concessão extraordinária feita em ocasiões especiais. Para recebê-la devemos ser batizados, fazer a confissão, participar da comunhão eucarística, seguir as orações conforme as intenções do Papa e realizar uma “ação”. Uma ação de misericórdia, isto é, uma peregrinação a um santuário ou à um lugar jubilar. Ou uma ação de penitência, isto é, abster-se dos consumos supérfluos (fumo, bebidas alcoólicas…), fazer jejum e abster-se de carne, doando uma quantia aos necessitados. Papa Bergoglio adicionou ainda as sete ações de misericórdia corporais (dar alimento aos famintos, dar de beber aos que tem sede, vestir os que necessitam de roupas, acolher os estrangeiros, dar assistência aos doentes, visitar os presos, enterrar os mortos) e as sete ações de misericórdia espirituais (dar conselhos ao que estão em dúvida, ensinar os ignorantes, repreender os pecadores, confortar os aflitos, perdoar as ofensas, suportar pacientemente as pessoas inconvenientes, rezar à Deus pelos vivos e pelos mortos).

Papa Francisco abriu a Porta Santa

Papa Francisco abriu a Porta Santa

As Portas Santas

A abertura da Porta Santa e seu fechamento marcam o início e o fim do Ano Santo. Em Roma serão abertas as portas das quatro basílicas vaticanas: São Pedro, São Paulo Fora dos Muros, São João e Santa Maria Maior.
Papa Francisco, no comunicado das indicações do Jubileu, ofereceu a possibilidade de abrir uma porta santa também em cada Diocese: na catedral, em uma igreja particularmente significativa ou em qualquer santuário de especial importância para os peregrinos.
Em relação a isto, Francisco quis adicionar duas “preferidas”: uma geográfica, o Santuário do Divino Amor (que abrirá dia 6 de janeiro 2016) e uma social, a casa-abrigo Caritas na Rua Marsala, que será aberto em 18 de dezembro 2015.
Todas as portas santas serão fechadas no final do Jubileu, em 20 de novembro de 2016.

Tradução: Sinéia Jeanne Zaniz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VOU PARA ITALIA

A NOSSA MISSÃO

Oferecer aos nossos clientes soluções alternativas que venham a superar ás expectativas e as necessidades, estabelecendo uma sólida relação profissional e de amizade, baseada na confiança e no compromisso.

NEWSLETTER

© Copyright 2017 vouparaitalia.com Todos os direitos reservados